petrobras

PETROBRAS PROMETE RETOMAR MERCADO DE PETRÓLEO COM A CONSTRUÇÃO DE QUATRO PLATAFORMAS NA BACIA DE CAMPOS

Pode ser a melhor notícia do ano para o mercado de petróleo e gás, ao lado da decisão de se concluir a UPGN do Comperj: a Petrobrás está planejando instalar quatro novas plataformas na Bacia de Campos. Se elas tiverem uma participação de conteúdo nacional nos moldes que o mercado de fornecedores espera, será a notícia do ano, que pode salvar milhares de empregos e centenas de empresas brasileiras. De certo forma, a melhor atitude do presidente da Petrobras, Pedro Parente. A primeira plataforma será o FPSO Cidade de Campos de Goytacazes que será usado na produção de petróleo nos campos de Tartaruga Verde e Tartaruga Mestiça. Além dela, estão previstas duas novas unidades no campo de Marlim e uma no pré-sal da concessão de Albacora. A boa revelação vem do Gerente de Projetos da companhia, Mauro destri(foto), divulgada e difundida na noite desta quinta-feira( 23) pela assessoria de imprensa da empresa. Será verdade? Quem viver, verá.

“A ideia é que, com a revitalização de Marlim, a gente consiga produzir até 2052 neste campo”, informou o gerente da área de Projetos Complementares da Bacia de Campos, Mauro Destri (foto), durante uma apresentação em Macaé. O projeto de revitalização de Marlim é uma das apostas da Petrobras para reduzir o declínio natural da produção nesta bacia. Segundo Destri, o declínio estável da Bacia de Campos está em torno de 9%, enquanto a média mundial está em 12%. “Estamos há 40 anos descobrindo, desenvolvendo, produzindo e trazendo unidades novas na Bacia de Campos”, afirmou Destri.

Além da revitalização de Marlim, a Petrobras tem investido em parcerias estratégicas e no desenvolvimento e aplicação de novas tecnologias para aumento da produção. Há também outros processos já em curso para a extensão do prazo de concessão de demais campos na Bacia de Campos. “O declínio natural dos campos maduros é algo controlado e com a possibilidade até de regressão em alguns momentos, o que nos dá uma segurança de uma Bacia de Campos produzindo por muito mais tempo” concluiu Mauro Destri. A produção atual da Petrobras na Bacia de Campos é de cerca de 1,3 milhão de barris/ dia, o que representa 64% da produção total da companhia do Brasil.

Fonte: Petro Notícias

0 respostas

Deixe uma resposta

Want to join the discussion?
Feel free to contribute!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *