corrupcao

FIQUE ATENTO: Como a Petrobras avalia os riscos de integridade de seus fornecedores

Na mira do judiciário, o setor de óleo e gás está sendo obrigado a reforçar seus métodos e práticas internas de combate à falta de ética e integridade.

A necessidade de adotar políticas contra a corrupção tem levado a Petrobras a assumir padrões cada vez mais exigentes, como mudanças no processo de cadastral e até mesmo bloqueios em casos de informações não satisfatórias.

O programa em funcionamento na Petrobras é conhecido como PPPC (Programa Petrobras de Prevenção da Corrupção), capaz de definir ações de prevenção, detecção e correção de atos não condizentes com os valores da companhia.

Através dele, a Petrobras passou a solicitar que as empresas em processos de obtenção, renovação ou reclassificação no Cadastro Corporativo ou Registro Simplificado passem a preencher o Questionário de Integridade, cujo resultado é expresso pelo Grau de Risco de Integridade ou GRI, que pode variar entre alto, médio ou baixo. O não preenchimento do questionário por parte do fornecedor implica a descontinuidade do processo e o preenchimento incorreto, apresentando alto grau de risco implica no impedimento de nova tentativa por 6 meses.

A classificação é calculada de acordo com a avaliação dos fatores de risco de integridade relacionados à 4 critérios:

Perfil do fornecedor: porte da empresa, segmentos de bens e serviços prestados/fornecidos, países em que atua, número de empregados, dentre outros itens.

Setor público: existência de influência do setor público nos negócios da empresa; relacionamento com agentes públicos.

Histórico e reputação: identificação de envolvimento da empresa e das demais sociedades do seu grupo empresarial – incluindo os membros da sua alta administração – em casos de desvios éticos, fraude e corrupção.

Programa de Integridade: existência e aplicação de mecanismos de prevenção contra e detecção de irregularidades e atos de corrupção.

É extremamente importante que a empresa esteja preparada para preencher os requisitos solicitados de forma correta. A suficiência e a organização das evidências documentais fornecidas contribuem para a corroborar a existência dos mecanismos de integridade.

O resultado da avaliação não impede a obtenção de obtenção, renovação ou reclassificação do CRCC Petrobras ou do Registro Simplificado.

É importante que o questionário seja preenchido por pessoas que conheçam de todos os processos internos e de governança da empresa.

Fonte: Novo Foco Gestão

0 respostas

Deixe uma resposta

Want to join the discussion?
Feel free to contribute!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *