Brasília - O presidente indicado para a  Petrobrás, Pedro Parente durante coletiva (Fabio Rodrigues Pozzebom/Agência Brasil)

CONSELHO DA PETROBRÁS CONFIRMA PARENTE NA PRESIDÊNCIA DA EMPRESA ATÉ 2019

O presidente da Petrobrás, Pedro Pullen Parente, conseguiu garantir mais dois anos de mandato à frente da estatal. O conselho de administração da empresa se reuniu no domingo (26) e aprovou a recondução dele para o cargo até o fim de março de 2019.

O executivo foi indicado pelo presidente Michel Temer em maio do ano passado e passou pela aprovação do conselho no fim do mesmo mês, em substituição a Aldemir Bendine, que tinha assumido a companhia ainda durante o governo Dilma Rousseff.

Parente chegou ao comando da empresa incensado tanto pelo mercado financeiro quanto pelo setor de petróleo, mas com o tempo foi se aproximando mais do primeiro. Depois de se posicionar como principal defensor da quebra do conteúdo local, passou a ser visto com outros olhos, muito mais críticos, por parte da indústria de bens e serviços do segmento.

“O processo de recondução seguiu as regras da política de indicação dos membros do conselho fiscal, conselho de administração e diretoria executiva da Petrobrás, tendo sido renovadas as análises de integridade e do cumprimento dos demais requisitos da posição. O comitê de indicação, remuneração e sucessão do conselho de administração da Petrobrás avaliou toda a documentação pertinente e recomendou a aprovação do novo mandato ao conselho de administração da companhia”, afirmou a empresa em nota.

0 respostas

Deixe uma resposta

Want to join the discussion?
Feel free to contribute!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *